Exposição Raízes E Cores – Expressões Afro-Brasileiras na Arte Contemporânea


Clique aqui para baixar este release em formato DOCx

Raízes E Cores
Expressões Afro-Brasileiras na Arte Contemporânea

A Sociedade das Artes celebra o Dia Da Consciência Negra
Exposição com artes de
Dalila Praxedes Frazão e Henrique Vieira Filho
Dia 20/11 – 10hs – Entrada Franca
Local: Mercado Cultural – Pça XV de Novembro s/n – Serra Negra/SP
Whatsapp: (11) 98294-6468

Cada obra em exposição é um espelho da pluralidade da experiência afro-brasileira, transformando nossas raízes em pinceladas que contam histórias de ancestralidade, mas também de reinvenção e renascimento.

Além de uma celebração, o evento “Raízes e Cores” é uma oportunidade para refletir sobre as nuances de nossas ancestralidades, de reconhecer as lutas e também celebrar as conquistas,

 Por meio de um diálogo entre a herança e a contemporaneidade, as pinturas em exposição comprovam que a verdadeira riqueza de um país reside na diversidade de suas histórias, na harmonia de suas cores, e na ressonância profunda de suas raízes culturais.

Apresentação de Capoeira no evento de 2021
Apresentação de Capoeira no evento de 2021

Artes de Henrique Vieira Filho
Algumas das pinturas que estarão em exposição

Nas palavras do artista Henrique Vieira Filho:

Tive a felicidade de expor meus trabalhos em todo o mundo, desde galerias renomadas, até os mais modestos espaços culturais, em cidades icônicas, como Paris, Londres, Nova York, Miami, Tóquio.

Mas, foi aqui, na singela Serra Negra, que vivenciei um dos momentos mais emocionantes!

Era o Dia da Consciência Negra e uma coletânea de minhas pinturas estava em exposição, quando notei um simpático senhor chorando enquanto vislumbrava uma das artes. 

Ele não sabia o motivo, nem como uma simples imagem pode despertar um misto de encantamento, tristeza, espanto e, por fim, sensação de paz!

Aquelas lágrimas foram infinitamente mais significativas do que todas as análises que recebi de críticos de arte, galeristas e colecionadores, pois, aquela pessoa é que sabe realmente como apreciar a arte: com o CORAÇÃO!

Ninguém precisa ser especialista ou estudioso do assunto para visitar uma exposição. Basta deixar a imaginação e as sensações fluírem, dedicar um tempo para apreciar detalhes das que mais gostou e se permitir encantar!  

Nos próximos dias, uma excelente oportunidade para vivenciar mais arte em nossas vidas: gratuito, censura livre, dia 20/11, 10hs, no Mercado Cultural (Pça XV de Novembro – Serra Negra – SP) teremos a Exposição “Raízes e Cores: Expressões Afro-Brasileiras na Arte Contemporânea”.

E, para este ano, ainda contamos também com obras de Dalila Praxedes Frazão, artista em plena ascensão, cujas artes vem conquistando o merecido reconhecimento.

Cada obra em exposição é um espelho refletindo a pluralidade da experiência afro-brasileira, transformando nossas raízes em pinceladas que contam histórias de ancestralidade, mas também de reinvenção e renascimento.

Além de uma celebração, o evento “Raízes e Cores” é uma oportunidade para refletir sobre as nuances de nossas ancestralidades, de reconhecer as lutas e também celebrar as conquistas,

 Por meio de um diálogo entre a herança e a contemporaneidade, as pinturas em exposição comprovam que a verdadeira riqueza de um país reside na diversidade de suas histórias, na harmonia de suas cores, e na ressonância profunda de suas raízes culturais.

Venha conhecer! Será um prazer receber a todos neste Dia da Consciência Negra! 

Fabiana Vieira (artista têxtil), Dalila Praxedes Frazão (ao lado de uma de suas obras) e Henrique Vieira Filho
Fabiana Vieira (artista têxtil), Dalila Praxedes Frazão (ao lado de uma de suas obras) e Henrique Vieira Filho

Obras que homenageiam a Cultura Afro, em imagens e histórias:

Mermaid Kianda (gravura acrílica sobre tela) – inspirada na mitologia angolana, esta sereia concedia desejos de riquezas e, caso o beneficiado agisse com avareza, seria condenado à eternidade no fundo do oceano, às vezes, levando junto toda a aldeia. Esta pintura já esteve em exposições em Madri, Barcelona e Viena.

Clique para download desta foto em alta resolução

Artista plástico Henrique Vieira Filho e Amanda Canela, que posou para a pintura da sereia de Angola

Indomitable (gravura acrílica sobre tela) – obra do acervo particular da grande cantora Aline Wirley, gentilmente cedida para esta Exposição. Esta tela é composta por texturas de asas de borboleta, penas de aves, ambas africanas, assim como os grafismos e tatuagens pintadas sobre a pele desta poderosa guerreira.

Clique para download desta foto em alta resolução

A cantora Aline Wirley,  Henrique Vieira Filho e Fabiana Vieira, com a pintura ao fundo

Clique para download desta foto em alta resolução

Henrique Vieira Filho com sua pintura Indomitable, onde retrata a cantora Aline Wirley

Tela “Indômita” – Artista Henrique Vieira Filho – YouTube

“The Goddess Of The Seas”  (gravura acrílica sobre tela) – inspirada nas tradições afro-brasileiras, em especial, Iemanjá, a obra retrata a rainha do mar, deusa protetora, maternal e, ao mesmo tempo, senhora da força da natureza das águas, implacável quando necessário.

Clique para download desta foto em alta resolução


Clique para download desta foto em alta resolução
A modelo Tayná Ferreira posando para a tela The “Goddess Of The Seas”

Tela: Godx Deity
Artista: Henrique Vieira Filho

Releitura de pinturas de Carl Gustav Jung publicadas em sua obra “O Livro Vermelho”

Tela: Birth Of The Saci
Artista: Henrique Vieira Filho


De origem tupi-guarani, não possui forma, daí sua associação com a força do vento (redemoinho…), capaz de revirar o ambiente.
Artwork: “???????????????????? ???????? ???????????? ????????????????” - Artist: Henrique Vieira Filho - Tela: O Nascimento Do Saci
Ao tomar contato com a cultura africana, associou-se a imagem de uma criança, que teria até perdido uma perna devido à capoeira.
Tela “O Nascimento Do Saci” – Artista Henrique Vieira Filho

Tela: African Aphrodite
Artista: Henrique Vieira Filho


Title: African Aphrodite
Artist: Henrique Vieira Filho
Óleo e Acrílica sobre tela

O esplendor da afrodescendente, uma Vênus Orixá, integrada aos grafismos urbanos.

Tela: African Gioconda
Artista: Henrique Vieira Filho

Série de Telas “Giocondas” – Etapas Criativas – Artista: Henrique Vieira Filho

A homenagem à beleza da etnia afro estampada tanto nesta moderna Mona Lisa, quanto nos grafismos, inspirados nos tecidos artesanais africanos.

Tela: Decipher Me
Artista: Henrique Vieira Filho


Alada, felina e humana, o fascínio da esfinge em toda a sua sedução e poder.
Exposição Diversidade 2021 Arte e Capoeira em fotos – Henrique Vieira Filho

Álbum de Fotos:
https://photos.app.goo.gl/nPf2Xte352K1YtYh6